segunda-feira, 13 de abril de 2009

Símbolismo do Reiki

Da natureza, o Reiki tomou como símbolo o bambu, que na sua simplicidade, resistência ao vento (enquanto verga), vazio, rectidão e perfeição, pode representar, metaforicamente, o funcionamento da energia.
O bambu é flexível, apesar de forte; ele reverencia o vento que o toca soprando, ele dobra-se à vida mostrando-nos que, quanto menos um ser se opuser à realidade da vida, mais resistente se tornará para viver em plenitude. O bambu é forte, servindo para a construção de embarcações, construções, móveis, mostrando a sua resistência e força; assim, todos os que receberem Reiki tendem a ficar fortes e resistentes.
A cor simbólica do Reiki é o verde, que é a côr da cura. A sua relação com o chakra cardíaco é responsável pelo nosso amor incondicional e sistema imunitário.

Os ideogramas do Reiki são feitos em dourado, pois essa é a cor cósmica. O Reiki é luz que nos leva de volta à grande luz.
A palavra Reiki pode ser escrita com ideogramas japoneses que, como os algarismos romanos, não exprimem letra ou som, mas sim uma ideia. Segundo o contexto, esses ideogramas podem ter várias leituras com os seguintes significados:
  • Chuva maravilhosa de energia vital.
  • Chuva maravilhosa que dá vida.
  • A ideia de algo que vem do cosmos e o seu encontro com a terra produz o milagre da vida.
  • Chuva maravilhosa que produz o milagre da vida.
  • A comunhão de uma energia superior com uma energia terrena, que se pertencem mutuamente.
  • Uma energia maravilhosa que está acima de todas as demais, está em si e você pertence-lhe.
Nalguns casos o ideograma encontra-se reforçado com pequenas formas que representam grãos de arroz, simbolizando a vida.


Carlos Manuel Silva / Associado Nº APR-000275/PT

1 comentário:

JúliaML disse...

gosto tanto das causas que levaram à escolha do bambu para simbolizar o Reiki!